Almoço em família

Quando não se vê a família (avós, tios, primos, cachorro, papagaio, etc) por muito tempo sempre tem aquela coisa: será que ele cresceu mais? Será que aquela prima engordou? Será que ele cortou o cabelo que estava precisando? E assim vai, para pior às vezes...

Mas é sempre bom encontrar os parentes, porque as conversas são diferentes, não mais as provas e trabalhos de final de semestre (com excessão dos primos que prestam vestibular). E lá eu estava num bonito restaurante, um calor infernal e os convidados: meus pais, meus avós, 3 tias, 2 tios e 1 prima. Minha irmã infelizmente estava fazendo prova da unicamp então eu seria a porta-voz das próximas atividades dela (uma delícia isso).

Os "oi" e "como vai" não são suficientes. É hora das perguntas como: "puxa, você está tomando muita cerveja?", "quando você vai apresentar seu namorado para ele tomar um trote pela família?" e as campanhas como "bivó 2008" (e o pior é que ele tem 1 filha de 15 anos namorando). Enquanto comemos e bebemos, vêm as conversas e as tensões de assuntos políticos, religiosos, educação para lá, corrpção para lá, o futuro sempre nos assuntos...

Mas no final, mesmo com as perguntas constrangedoras, sempre é gostoso almoçar em família, rever os parentes e ter um bom almoço típico de domingo.

Blá blá blá deCarol às 10:11

7 blá blá blás:

andré disse... 24 de novembro de 2007 16:42  

sai cada pérola dos almoços em família, não é mesmo?? às vezes me dá medo....hehehehe

show de bola esse layout!

=P

Wagner disse... 24 de novembro de 2007 18:38  

é que você ainda não viu almoço com a MINHA familia! hehehehehe

:D

MUTUMUTUM disse... 24 de novembro de 2007 19:27  

Adoro almoço em família, mesmo sendo uma grande raridade por aqui... tbm, tem parentada espalhada por todos os cantos deste Brasilzão...

Mas o natal tá aí... e a ceia, este ano, parece que promete :)

Abraços o/

Silêncio de Chumbo disse... 25 de novembro de 2007 08:53  

almoço de familia eh sempre assim.. e o pior: natal e ano novo tão chegando... agora aguenta.. hehehe

to de volta!

Paulo Fernando disse... 25 de novembro de 2007 09:15  

Um viva para os "papas" em família! Um rango junto do sobrinho ou daquela tia chata, que vive tentando arranjar uma namorada pra gente, sempre nos faz refletir sobre o que seríamos sem eles.

Abraços, meu querido!

Morganna disse... 25 de novembro de 2007 11:19  

ahuahau
verdade. é sempre bom. e curioso. :D

*Lusinha* disse... 29 de novembro de 2007 07:16  

Com certeza!
Passo tanto etmpo correndo, fora de casa, interessada somente nos meus assuntos que quando me permito ficar um pouco mais em casa, dando risada com as loucuras do meu pai e da minha mãe, surpreendo-me como eles são uma boa compania.
Bjitos!

Postar um comentário