tu tu tu tu...

Isso realmente aconteceu:

- Senhor Wagner?

- Sim.

- Bom dia, meu nome é Renata e trabalho para a Fininvest. O senhor não estaria interessado em adquirir um dos nossos cartões de créditos?


- Não, obrigado.


- Nosso cartão possui várias facilidades que, com certeza, vai agradar ao senhor. Temos...


- Antes de continuar, acompanhe meu raciocinio: com o cartão de vocês, poderei fazer comprar e pagar somente 30 dias depois, certo?


- Sim, senhor.


- Só que se eu não pagar no final dos 30 dias, meu nome vai acabar no Serasa, correto?


- Ahn, provavelmente, senhor.


- Então de que me vale ter o cartão de crédito??

Blá blá blá deWagner às 16:52

14 blá blá blás:

Cristiane Martins disse... 18 de setembro de 2007 18:40  

E essa gente não tem desconfiômetro mesmo. Sempre procuro pensar: é o trabalho delas... mas poxa que trabalhinho mais infame esse.
hehehehe
Sobre o post da Kruella... as fotos enganam... papel aceita tudoooo... hehehe

Lily disse... 18 de setembro de 2007 18:42  

ótima resposta! hahahaha

seguirei seu exemplo, qndo uma pentelha dessas me acordar, mais uma vez!
já é um cúmulo ficar ligando, ligar de manhã, então! pior ainda!!
ódioooo! rs

bjkss

Vanessa Lee disse... 18 de setembro de 2007 19:59  

Gostei! Vou usar sua resposta na p´roxima vez que me ligarem oferecendo algum cartão!

Monsieur Coçard disse... 18 de setembro de 2007 22:45  

rapaz, essas feladapu só me ligam no horário comercial, que é justo o que eu to dormindo... a minha tática é bem simples e duplamente eficaz! Eu simplesmente quando ouço que é alguém me oferecendo algo eu apenas ponho o telefone de um lado e viro para o outro e durmop feliz e tranquilo e com a certeza de que aquela é a última ligação durante minha soneca! :D

Anna Flávia disse... 19 de setembro de 2007 01:00  

Eu não deixo eles falarem. Desligo logo. Paciência inexiste nesses casos, pior ainda se me acordam.

Beijo

Vinicius disse... 19 de setembro de 2007 06:32  

toma.. tomaa.. tomaa rs....

Sempre quando ligam em casa, e principalmente quando é telemarketing eu finjo ser o Silvio Santos.. e fico falando "Você quer ganhar um milhão de reais em barras de ouro que valem mais do qeu dinheiro ?"

eles sempre dão risada e desligam...

Fábio C. Martins disse... 19 de setembro de 2007 14:27  

A conversa acabou nesse ponto? Impossível. A Renatinha deve ter dado mil razões para conseguir "vender" o cartão de crédito.

Eu odeio esses operadores de telemarketing, são os piores, nunca conseguem o que quere, mas sempre tentam até o último momento. Tudo bem que eu já fui um operador de Telemarketing (não durei 1 semana), eu me irritava comigo mesmo.. HAuhAUhAUhu

Abraços

P. Florindo disse... 19 de setembro de 2007 16:34  

Quem trabalha com telemarketing ou tem muito amor ou estava realmente desesperado (a) por um emprego, pois provavelmente não teve muito estudo.

E tem gente que acha que estudo é inútil! Lamentável...

bella..=^.^= disse... 19 de setembro de 2007 19:15  

adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiii
é por isso que te amuuuuuuuuuuu
rsrsrrrsrs

bjussssssssssssssssss

andré disse... 20 de setembro de 2007 06:28  

eita! se eu tivesse a sua coragem também diria isso =D

hahahahahahahahahahahah
mas eu fico sem graça =P

dän disse... 20 de setembro de 2007 13:07  

voltei! bjs.

Tyler Bazz disse... 20 de setembro de 2007 15:34  

Se for assim, ficamos com o cheque pré, oras.

Rafinha disse... 22 de setembro de 2007 09:41  

Muito interessante esse texto... hmmm....
o Tu-Tu-Tu- tb! hehe

ZANATÓRIO disse... 28 de setembro de 2007 07:14  

hmmmmm muito interessante as novas atrações do Blablaismo

Postar um comentário