Das mulheres que me decepcionei...

Ahhh Glorinha, sim, eu lembro de você...

Eu me lembro de que sempre disputei para sentar perto de você, no colegial. Você tinha o seu fã-clube declarado, mas eu admirava você em silêncio. Sempre arrumava um jeito de ninguem perceber. Ninguem poderia perceber, somente você.

Me lembro de seu cabelo negro, negro como a noite, negro como jabuticaba. E fazia uma harmonia celestial com a sua pele morena-clara. Lembro também do seu perfume, o único perfume que não irritava meu nariz.

Teve um dia, naquela aula chata de quimica, que você encostou sua carteira na minha. Era exercicios em dupla, e você tinha esquecido seu livro. Como eu gaguejava, lembra? Sua presença era intimidadora demais para o tímido garoto que eu era.

Sempre quis te chamar para sair, Glorinha. Mas, naquela época, entender o mundo feminino era o mesmo que entender física quantica. Hoje ainda não entendo nada de fisica quantica, mas consigo entender melhor as mulheres. Mas, antes, Glorinha, era impossível. Por isso te admirava em silêncio. Em meus sonhos nós fomos o melhor e mais incrível casal que esse mundo jamais viu!

Mas... Glorinha, cacete, o que aconteceu com você? Cadê toda aquela candura e inocência que eu admirava? A sua barriga lisinha, o seu cabelo negro... como você mudou! E será que pode dançar mais devagar, quero colocar essa nota de vinte reais na sua calcinha...

Blá blá blá deWagner às 18:03

12 blá blá blás:

Julio Moraes disse... 21 de outubro de 2007 18:35  

hahaha, poxa tadinha da glorinha, ganhando a vida..haihaaiahiaha

" Mas esperai... e você o que faz procurando agora mulheres como Glorinha?? "

hiahihiha

ficou show..

Lizzie disse... 21 de outubro de 2007 18:36  

Wag, esse conto ficou espetacular!!!
Ô vida de prostituta, "Glorinha"? Espero que a tal Glorinhas não saia da ficção, vire "bruna surfistinha" e resolva lançar um livro!Rs

Mas se você lançar um livro, ah...Daí eu compro ;)


Beijos :***
Te adoro pra cacete!
auhahuahuauha

Monsieur Coçard disse... 21 de outubro de 2007 21:33  

:D hueheuheuheuehuehuehueheu

Anna Flávia disse... 21 de outubro de 2007 21:54  

a glorinha virou putinha? shaushauhsa

beijo

Anna Flávia disse... 21 de outubro de 2007 21:55  

e eu gostei muito!

Carol disse... 22 de outubro de 2007 07:03  

Hahahahahhahahaa... e eu achando tudo lindo, até ler o final (estava até com invejinha da Glorinha hahahahahaha)

bjinhosss!!!

Kamilla Barcelos disse... 22 de outubro de 2007 08:17  

Arrasou esse conto!!!

Glória virou mulher da vida!! Quem diria, né? hauahuah

Bjão

Monie disse... 22 de outubro de 2007 08:19  

HUAW!!
que blog interessante!!
"primeira espiadidinha"(dá-lhe uma de 'Bial' hein, heheh)
pois é, meu ja tem uma fã!
bju***

Camila disse... 22 de outubro de 2007 10:48  

huahuhuahuahuhuahuahuuhahu
Adoreeeei.. foda *-*

;* Camila

Bia disse... 22 de outubro de 2007 15:01  

Por isso que digo que nunca se deve confiar em mulheres!

NUN-CA!

Listen to me, boy!

Kisses! =*

andré disse... 22 de outubro de 2007 15:23  

hahahahahahahahaha!
toma Glorinha!

vinicius disse... 23 de outubro de 2007 04:30  

eita .. ela engordou é isso rs ???
me identifiquei mto com esse texto rs...

Postar um comentário